A venda de veículos caiu 13,3% em janeiro na comparação com dezembro de 2012. Foram comercializadas, no primeiro mês do ano, 311.453 unidades, contra 359.355 em dezembro. Na comparação com janeiro do ano passado – quando foram vendidos 268.273 veículos – houve elevação de 16,1%, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (6) pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

No entanto, conforme dados divulgados pela Agência Brasil, a produção de automóveis aumentou 7,7% em janeiro, com 279.332 novas unidades saindo das montadoras, contra 259.364 em dezembro. Na comparação com janeiro do ano passado (211.764), a produção aumentou 31,9%.

Outro indicador positivo neste início de ano é o de Atividade do Comércio, do Serasa Experian. O movimento dos consumidores nas lojas em todo o país avançou 1,5% em janeiro/13 contra o mês imediatamente anterior, já descontados os efeitos sazonais. Na comparação com o mês de janeiro de 2012, a alta foi de 13,8%, a maior neste critério de comparação desde agosto de 2008.

De acordo com o Serasa, a alta de janeiro/13 foi impulsionada pelo bom desempenho do segmento de veículos, motos e peças, o qual registrou crescimento de 10,8% frente a dezembro/12, livre das influências sazonais. As promoções realizadas por várias redes de concessionárias com veículos em estoque com IPI reduzido, isto é, com alíquotas que vigoraram até o final do ano passado, atraíram os consumidores às lojas especializadas.

Um exemplo disso está no fato da Renault ter emplacado no mês de janeiro 17.231 unidades, um crescimento 3,7% superior ao mesmo período de 2012, enquanto o mercado registrou 17,5% na mesma comparação. Com o resultado, a marca atingiu um market share de 5,8%.