Um vendedor que vende muito é um bom vendedor?Um vendedor que vende muito é um bom vendedor?

Nem sempre um vendedor que vende muito é um bom vendedor. Melhor que quantidade é qualidade, mesmo em se tratando de vendas. Há muitos vendedores que rapidamente batem as metas, porém um bom vendedor procura sempre realizar vendas de qualidade.

Um vendedor pode utilizar de qualquer estratégia para conseguir um bom número de vendas, mas só um bom vendedor faz com que aqueles clientes fiquem satisfeitos e voltem a comprar com a empresa, garantindo maior índice de fidelização. Ou seja, uma venda de qualidade será muito melhor do que apenas vender bastante — e uma vez só para um dado cliente.

Para conseguir essas vendas de qualidade, contentar sua clientela e estimular o retorno desses compradores à loja, é fundamental conhecer alguns aspectos básicos e importantíssimos para ser um bom vendedor. Confira:

Saiba planejar

O planejamento é fundamental em qualquer segmento, inclusive para vendas. Um vendedor que sabe se planejar bem é capaz de saber de antemão as técnicas e discursos para fidelizar os clientes.

As vendas são um setor movido por metas; mas não basta atingi-las: um bom vendedor deverá se planejar para superar a ideia de simplesmente bater sua meta mensal.

Divida a meta mensal em alvos semanais de vendas ou, até mesmo, diários. Isso permitirá que você foque em resultados menores a conquistar, alcançando seu objetivo maior (mensal) com mais facilidade. Ao fazer isso, você também conseguirá planejar as comissões que vai receber.

É bem conveniente planejar com antecipação as atividades que serão desenvolvidas, por exemplo, a prospecção de clientes, o contato com os indecisos, a pós-venda, entre outras iniciativas.

Mantenha o foco no problema do cliente

Ninguém compra apenas mais um produto, e sim a solução para um problema. Fazer com que o cliente entenda que tem um problema e que você pode resolvê-lo com sua mercadoria ou serviço é um desafio a suplantar, de forma a se tornar um bom vendedor.

É valioso também reconhecer as demandas e desejos de cada cliente, e lhe oferecer aquilo que melhor se encaixa em seu perfil.

Por exemplo: imagine um casal que espera o primeiro filho e precisa comprar um carro maior para transportar todas as coisas do bebê em suas viagens. De nada adiantaria apresentar um carro econômico e mais barato para o casal, se ele tiver um porta-malas reduzido. O problema daquela família será resolvido com um porta-malas amplo e que comporte os volumes com os quais vão se deparar no futuro.

Esteja sempre atualizado, para ser um bom vendedor

O comportamento do consumidor mudou muito, implicando em uma atualização constante das técnicas de vendas. O método que há 10 anos era um sucesso, atualmente não fecha tantos negócios, e pode até mesmo prejudicar os resultados que espera.

Seja por meio de cursos, treinamentos, workshops, seja por meio de sites e vídeos online, fazer uma adequada atualização de seus conhecimentos é essencial para melhorar o desempenho e conseguir vendas de qualidade. Um bom vendedor está constantemente buscando atualizar-se no mercado em que atua.

Não force, mas incentive os clientes

Não seja um vendedor que procura apenas alcançar suas metas a todo custo. Esse tipo de profissional geralmente acaba forçando a barra e insistindo para que os clientes fechem uma transação, mostrando-se inconveniente e desgastado.

Em vez disso, trabalhe incentivando os clientes a buscar a melhor solução para cada caso. Em seguida, valorize o seu produto, mostrando que ele pode resolver bem as suas dificuldades. Com isso, você se mostrará proativo e preocupado com o cliente, e não apenas em fechar mais um negócio.

Quer mais dicas de como se tornar um bom vendedor? Assine a nossa newsletter e comece a se atualizar desde já!