Até onde um bom recordista de vendas desorganizado vale a pena?

Um bom recordista de vendas desorganizado vale a pena?

Ter um recordista de vendas em sua equipe pode ser um grande ponto positivo para aumentar o seu faturamento. Porém, se esse vendedor não for organizado ou então se comportar como o tipo que “vende a qualquer custo, isso poderá ocasionar sérios contratempos no futuro.

Muitas lojas optam por ter um vendedor que supere todas as metas estipuladas para o setor de vendas, mesmo que o trabalho burocrático ou que uma organização apurada seja deixada de lado.

Porém, ao fazer isso, em vez de conseguir aprimorar seus números, os gestores ou gerentes do empreendimento poderão perder muito tempo para controlar as transações e ajustar o trabalho daquele profissional, seja ele recordista ou não.

O ideal é ter uma equipe de bons vendedores organizados, e não só de bons vendedores. Veja até onde um bom recordista de vendas vale a pena:

A organização otimiza processos e reduz o tempo de trabalho

A organização é um ponto fundamental para conseguir colocar todos os aspectos do negócio facilmente à vista, de forma a otimizar o atendimento e a entregar os pedidos nos prazos. Cada venda realizada tem um caminho a ser percorrido, até que os produtos estejam finalmente nas mãos de seus clientes.

Imagine um vendedor de carros: esse profissional precisará mostrar o veículo ideal para seus clientes, fazendo com que eles sintam a necessidade e o desejo de comprar aquele modelo.

Quando o consumidor se decide por comprar o veículo, ainda precisará passar pela parte mais burocrática: a assinatura da documentação e o pagamento. Se o vendedor não for organizado, certamente vai atrasar todo o procedimento ou até mesmo prejudicar a transação.

Um vendedor organizado, por sua vez, continuará seu atendimento rápido e eficaz, satisfazendo o cliente e ganhando mais tempo para continuar conquistando um maior número de vendas.

Outro problema da falta de organização é o aumento nas chances de erros. Ao pular uma etapa importante ou ignorar alguma informação, a venda poderá ir por água abaixo. Além da venda, o profissional também perderá o tempo que utilizou para atender o cliente.

Um bom planejamento é essencial

Ter uma rotina é extremamente válido para aprimorar os números relacionados às vendas, e muitos vendedores usam horários específicos para cada atividade, mas sem planificar como será o dia (ou a semana) de trabalho.

Busque organizar a rotina de sua equipe em etapas. Dessa forma, nenhuma tarefa importante será deixada de lado, e as chances de fechar novos negócios aumentarão.

Por exemplo: determine um horário ou dia específico para ligar para os clientes que ficaram de pensar na proposta apresentada pelos vendedores, ou, ainda, faça o pós-venda, ligando para os clientes que já fecharam negócio.

Esse planejamento é parte integrante de uma boa organização, além de fidelizar e conquistar mais clientes.

O entusiasmo faz parte do bom atendimento

O entusiasmo é uma característica habitual em um vendedor recordista de vendas. Porém, é uma qualidade que deve estar presente em todos os vendedores que querem fechar negócios. O bom atendimento é crucial para conquistar a confiança do público e realizar mais vendas.

Procure treinar sua equipe para que ela sempre atenda os clientes com empolgação, mas sem exageros: é conveniente dosar as condutas de acordo com a polidez, a proatividade e o melhor trato, construindo um atendimento certeiro e de alta qualidade.

Se você tem um recordista de vendas em sua equipe, trabalhe para que esse profissional desenvolva habilidades de organização e bom planejamento. Você verá que os resultados vão ser ainda mais incríveis! E se você gostou dessas dicas, compartilhe este post nas redes sociais e ajude outras pessoas a melhorarem seus resultados.