Nos primeiros seis meses do ano, as vendas de automóveis leves novos financiados atingiram 1,06 milhão de unidades, um aumento de 2% em comparação com o mesmo período em 2012. De janeiro a junho, foram financiados 3,2 milhões de veículos, entre automóveis de passeio, motos e veículos pesados, uma queda de 3% em comparação ao ano anterior. Apesar da queda no volume financiado, houve um salto de 17% nas concessões de crédito no primeiro semestre, que atingiram R$ 102,4 bilhões.

Estão contempladas as modalidades de Crédito Direto ao Consumidor (CDC), Leasing e Consórcio. O tíquete médio dos financiamentos subiu de R$ 24,8 mil, em junho de 2012, para R$ 25,6 mil. Em junho foram financiadas 84 mil motos novas, registrando um aumento de 1% em comparação com o mesmo período do ano passado.

O levantamento é realizado pela Cetip, operadora do Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos (carros, motos e caminhões) dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. O SNG impede que o processo de financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas.

Usados – De acordo com a Cetip, em junho deste ano os automóveis leves responderam por 90,9% dos financiamentos de usados, seguido dos veículos pesados (5,3%), das motos (3,3%) e outros (0,6%).