A economia deverá manter o viés de expansão, com crescimento no ano que vem. Os dados do Indicador Serasa Experian de Perspectiva da Atividade Econômica, confirmam essa tendência. Houve uma sequência de expansões mensais na ordem de 0,3% ao final de 2012 e o cenário atual traz uma aceleração do ritmo de crescimento econômico.

De acordo com a metodologia da Serasa Experian, é possível antever os movimentos cíclicos da atividade econômica com seis meses de antecedência. Desta forma, a previsão é que a tendência de crescimento do Indicador deverá se estender até o segundo trimestre do ano que vem, informa a instituição.

Os economistas da Serasa Experian apontem alguns motivos para a manutenção da expansão econômica: os incentivos fiscais e monetários adotados pelo governo, redução gradual dos níveis de inadimplência do consumidor e a perspectiva de continuidade de ganhos salariais acima da inflação com taxas de desemprego em níveis historicamente baixos.

Mesmo com todo esse otimismo, o consumidor deve se precaver dos gastos obrigatórios neste início de 2013, como o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano), matrícula e material escolar (para quem tem filhos), além do cartão de crédito com o saldo das compras realizadas no final do ano, entre outras despesas. Para os economistas do Serasa Experian, quem conseguiu poupar parte do 13º salário, é recomendável a utilização dele para cobrir esses gastos.

O objetivo é evitar gastos sem controle, pois é muito comum haver picos de inadimplência registrados no primeiro trimestre de cada ano. Para os economistas do Serasa Experian, a recomendação é que o consumidor tenha sempre consciência na hora de buscar crédito e procure cada vez mais incluir a educação financeira no dia-a-dia.