como vender automóveis em momentos de crise

Como vender automóveis em momentos de crise

Apesar do crescimento acelerado da venda de carros no Brasil nos últimos anos — principalmente devido a incentivos governamentais como a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) —, a realidade em 2015 teve uma drástica mudança para o setor.

O mercado interno brasileiro perdeu vantagens, o IPI subiu e o crédito foi contido devido ao risco de inadimplência. E, como resultado, a economia brasileira passa por uma retração. Mesmo assim, apesar do cenário pouco favorável, alguns negociantes têm conseguido aproveitar algumas circunstâncias do momento para manter-se firmes no mercado até mesmo aumentar suas vendas.

No post de hoje, vamos compartilhar com você os segredos de como vender automóveis em momentos de crise! Não deixe de conferir!

Aposte nos usados

A venda de carros usados é uma das únicas do setor que vem mantendo um saldo positivo. E não é por acaso: a preferência pelos seminovos ocorre principalmente devido aos preços, e em uma hora como essa, preço certamente é um critério que pesa muito!

De acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPCA), de janeiro a março de 2015 o preço dos carros novos subiu 4,42%, enquanto o preço dos usados permaneceu estável. Isso fez com que os carros seminovos se tornassem mais atrativos financeiramente.

De acordo com a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), houve um aumento de 2,27% das vendas de carros usados no primeiro trimestre de 2015. Já a venda de carros novos teve uma queda de 17% nesse mesmo período! Impressionante, não é?

Pense no cliente

Para conseguir aumentar as vendas, você precisa oferecer aquilo que o cliente está buscando. Diante da crise, a resposta é bem clara: vantagens financeiras. E isso não tem a ver apenas com o valor do automóvel: além de apostar nos seminovos, busque maneiras de facilitar a compra.

Mas atenção: não comece a criar promoções descontroladamente antes de conferir o seu fluxo de caixa e verificar que tipo de facilidade no pagamento é mais viável para a loja neste momento.

Cuide da sua equipe

Não é porque o preço e a facilidade na hora de pagar se tornaram prioridade que você deve deixar a qualidade do atendimento na loja cair. Pelo contrário, em tempos de crise é imprescindível contar com um time muito afiado para conquistar clientes cada vez mais difíceis.

Por isso, saiba liderar sua equipe, crie metas e estratégias de venda de acordo com a situação atual e oriente vendedores a focar as necessidades do cliente. Ressaltar aspectos de economia do veículo — como o motor flex —, por exemplo, pode ser uma técnica muito útil durante a crise.

Invista em divulgação direcionada

Não adianta criar ofertas e promoções imperdíveis que não chegam até os clientes em potencial. Por mais que o orçamento esteja mais apertado, portanto, não deixe de continuar investindo em publicidade. Além disso, foque sua divulgação nas ações que você tomou para aumentar as vendas na crise: priorização de seminovos e modelos econômicos, facilidade no pagamento, etc. Assim, você tem mais chances de chamar a atenção do consumidor.

Como a crise econômica pela qual nosso país está passando tem afetado a sua revenda? Que estratégias você e sua equipe têm adotado para driblar esse problemas? Esperamos que este post tenha ajudado você a responder a pergunta: como vender automóveis em momentos de crise? Se ajudou, compartilhe conosco nos comentários e até a próxima!