De acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, o movimento dos consumidores nas lojas em abril/13 recuou 1,4% na comparação com o mês imediatamente anterior (março/13), já efetuados os devidos ajustes sazonais. Em comparação com o mesmo mês do ano passado (abril/12), houve crescimento de 10,0% do movimento nas lojas em abril/13 e nos primeiros quatro meses deste ano a atividade do comércio acumulou alta de 12,9%.

Segundo os economistas da Serasa Experian, a alta da inflação, impactando negativamente o poder de compra dos consumidores e o início de um novo ciclo de aumento da taxa básica de juros (taxa Selic), afugentaram os consumidores das lojas durante o mês de abril/13. Neste sentido, houve recuo nos segmentos ligados à cadeia produtiva de veículos. O de combustíveis e lubrificantes teve variação negativa de 1,3%, e o de veículos, motos e peças, de 0,6%, sempre na comparação com o mês de março/13.

Produção segue em alta – De acordo com o boletim Carta da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) divulgado nesta terça-feira (7), a produção de veículos teve variação positiva de 6,7% nos últimos doze meses, com 3,51 milhões de veículos produzidos entre maio de 2012 e abril de 2013, ante 3,29 milhões no período de maio de 2011 e abril de 2012. A produção de veículos no primeiro quadrimestre deste ano foi 17% superior ao mesmo período do ano passado.

O número de licenciamentos também segue em alta, com crescimento de 8,2% nos últimos doze meses, com 3,89 milhões de unidades emplacadas entre maio de 2012 e abril de 2013, ante 3,60 milhões no período de maio de 2011 e abril de 2012. O crescimento nos licenciamentos no primeiro quadrimestre deste ano também foi de 8,2% em relação ao mesmo período do ano passado.